Três mulheres são presas após conclusão de inquérito pela 2ª DM

Investigações começaram em janeiro, após agressões a um motorista no Centro de Aracaju

Investigadores da 2ª Delegacia Metropolitana cumpriram mandados de prisão contra três mulheres trans investigadas por crimes praticados no Centro de Aracaju. As investigações começaram em janeiro deste ano, depois de agressões sofridas por um motorista na região central da capital.

As prisões preventivas foram solicitadas pela autoridade policial e apreciadas pelo Ministério Público e Poder Judiciário.

Segundo o delegado André David, foram ouvidas várias vítimas de ações criminosas cometidas pelas investigadas no Centro da cidade, em muitos casos com agressões seguidas de roubos.

Os mandados de prisão foram autorizados nesta quinta-feira (14) pelo Poder Judiciário e cumpridos logo depois por investigadores da 2ª Delegacia Metropolitana.

As três já estão à disposição do Poder Judiciário e o inquérito está concluído. “O trabalho foi muito criterioso, de forma imparcial, tivemos uma análise prévia do Ministério Público que emitiu o parecer favorável e o juiz concordou tanto com nosso indiciamento como com o parecer do MP. Tudo foi feito de forma legal”, reforçou o delegado André David.

Durante as investigações, mais cinco vítimas procuraram a polícia e registraram boletins de ocorrência pelos crimes praticados.

Última atualização: 14 de março de 2024 18:09.

Pular para o conteúdo