Polícia Civil

Estado de Sergipe

17 de janeiro de 2024, 07:09

Reunião entre PC e TJ debate mediação de conflitos feita pelo Projeto Acorde em Sergipe

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Atualmente, existem 11 núcleos no estado que atuam na intermediação de delitos de menor potencial ofensivo

Em reunião nesta terça-feira, 16, a Polícia Civil e o Tribunal de Justiça trataram de assuntos relativos ao convênio no que tange a mediação de conflitos. Atualmente, existe na Polícia Civil 11 núcleos do Acorde espalhados por todo estado onde são realizadas mediações para posterior homologação pela Justiça. 

Estiveram reunidas a delegada Mariana Andrade de Amorim, coordenadora-geral do Acorde; Maria Luiza Foz Mendonça, juíza coordenadora do Cejusc e membro do Nupemec; Carla Maria Franco Lameira Vitale, chefe de Divisão Operacional do Nupemec; Rosana Freitas, coordenadora de Polícia Civil da Capital; e Cátia Emanueli, assessora técnica da superintendência da Polícia Civil.

“Com isso, diversos problemas envolvendo delitos de menor potencial ofensivo são resolvidos na própria delegacia através de mediadores capacitados , de maneira mais célere e com participação ativa dos envolvidos sem necessidade de formalizar procedimento policial, após o termo firmado e encaminhado ao Cejusc para homologação judicial”, ressalta a coordenadora Mariana.

Dentre as pautas da reunião, estavam a prestação de informações acerca dos atendimentos nos núcleos no ano de 2023, alinhamento de novas estratégias para 2024 além do firmamento de uma nova data para um novo curso de capacitação para os policiais civis ainda este ano.