Polícia Civil

Estado de Sergipe

3 de janeiro de 2024, 11:21

Retrospectiva 2023: Core atua em 78 ações e operações de apoio tático e operacional às delegacias e departamentos da Polícia Civil

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Missões envolveram o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, além do transporte de drogas e armas para destruição

Com a missão de atuar em operações de alta complexidade em apoio às delegacias e departamentos da Polícia Civil, a Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) atuou em 78 acionamentos em 2023. Dentre as missões executadas pela Core de Sergipe, estiveram ações e operações de cumprimento a mandados de prisão e de busca e apreensão, além de transporte de drogas e armas para incineração e destruição.

Os acionamentos à Core acontecem sempre que uma unidade da Polícia Civil identifica que há necessidade de apoio tático operacional para o desenvolvimento de ações e operações policiais de Sergipe, assim como explicou o diretor da unidade especializada, Cássio Menezes de Oliveira. “Quem faz os acionamentos são os responsáveis pelas delegacias, assim como o coordenador da Capital e Interior e o próprio delegado-geral, especificou.

É nesses cenários de necessidade de intervenção da unidade de operações e recursos especiais que ocorreram 78 acionamentos à Core durante o ano de 2023. Dentre esses acionamentos, estiveram ações e operações que envolveram cumprimentos de mandados de prisão e decisões judiciais de busca e apreensão, além de prisões em flagrante e transporte de presos.

Também fizeram parte dos acionamentos da Core o acompanhamento em transporte para incineração de entorpecentes feita pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), o acompanhamento para destruição de armas pelo Exército Brasileiro, apoio na segurança de visitas de autoridades e serviço de vigilância. Outras ações envolvendo operações de alta complexidade também foram feitas pela Core.

Treinamentos

Como parte da missão da Core, também está o treinamento tanto de equipes da própria unidade, quanto de servidores da segurança pública de outras instituições. Em 2023, foram 97 instruções ministradas pela Core envolvendo cursos sobre entrada tática em ambientes confinados, abordagens a veículos e pessoas, atendimentos pré-hospitalares de combate e utilização de munições menos letais.

As instruções ministradas pela Core abrangeram 423 servidores da segurança pública de Sergipe. Passaram pelas instruções, 161 policiais civis, 45 policiais militares, 15 integrantes do Grupamento Tático Aéreo (GTA), 67 policiais penais, 15 integrantes da Casa Militar do Governo, 20 guardas municipais de Laranjeiras, 80 servidores da Fundação Renascer e 20 guardas municipais da Barra dos Coqueiros.