Polícia Civil

Estado de Sergipe

3 de novembro de 2023, 10:01

Reconhecimento facial é reforçado com 27 câmeras para evitar entrada de foragidos da Justiça no Pré-Caju 2023

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Tecnologia tem acesso aos bancos de dados da Sejuc e da SSP para identificar pessoas com mandados de prisão e medidas cautelares não cumpridas

Para garantir que o Pré-Caju 2023 transcorra com tranquilidade e segurança para sergipanos e turistas, a tecnologia de reconhecimento facial foi reforçada para esta edição da tradicional prévia carnavalesca, que acontece entre esta sexta-feira, 3, e o próximo domingo, 5. São 27 câmeras que estarão conectadas aos bancos de dados da segurança pública, para identificar em tempo real a presença de foragidos da Justiça.

Para a viabilização do reforço na tecnologia de reconhecimento facial no Pré-Caju 2023, a Secretaria da Segurança Pública (SSP), a Secretaria da Justiça e da Segurança Pública (Sejuc), Polícia Civil, Polícia Militar e Guarda Municipal de Aracaju atuam conjuntamente.

Nalile Castro, coordenadora operacional das delegacias da capital, cita que o uso do software esteve presente na edição passada do Pré-Caju, mas passou por melhorias para a festa deste ano. “A ferramenta do reconhecimento facial, já utilizada no Pré Caju do ano passado, vai ser usada novamente. Com aprimoramentos, temos uma integração com a Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Secretaria de Justiça”, citou.

A delegada ainda explica como a ferramenta auxilia no trabalho de segurança do evento. “O reconhecimento facial facilitará a captura de foragidos, de pessoas com mandado em relação a qualquer tipo de crime. E também é uma ferramenta auxiliar no que diz respeito aos furtos e roubos de celulares que no âmbito dos crimes contra o patrimônio”, complementa.

Conforme o tenente-coronel Gilberto Melo, o reconhecimento facial no Pré-Caju 2023 abrange tanto o circuito, quanto as áreas adjacentes à prévia carnavalesca. “A segurança pública, dentro do sistema de monitoramento do evento, contratou uma empresa que estará instalando as câmeras com reconhecimento facial”, especificou.

O tenente-coronel Gilberto Melo reforçou que o objetivo da implementação e ampliação do reconhecimento facial no Pré-Caju 2023 tem como objetivo garantir que não haja a presença de pessoas que estão foragidas da Justiça. “As pessoas que não poderiam estar nesse espaço serão identificadas e serão adotadas as medidas cabíveis”, pontuou.

Fernando Mendonça, comandante-geral da Guarda Municipal de Aracaju, trouxe mais novidades sobre investimentos tecnológicos no Pré-Caju deste ano. “Estaremos com um veículo que é dotado da tecnologia de reconhecimento facial com câmera de 360 graus, que verifica faces. Também com outra câmera de identificação de placas, ou seja, os veículos que forem constatados aí ou pessoas que têm algum tipo de restrição, prontamente já serão abordadas. A vantagem do veículo é que ele vai estar circulando no entorno do evento”, falou.

O representanteda Guarda também revela que as câmeras são frutos de investimento da prefeitura de Aracaju. “Toda essa tecnologia é um investimento da Prefeitura. É bom frisar que isso faz parte também de uma parceria com o governo do estado, através da SSP, a qual está fornecendo o banco de dados. Caso haja um flagrante, a Guarda Municipal vai agir e vai encaminhar para o setor responsável”, conclui.