Polícia Civil

Estado de Sergipe

7 de fevereiro de 2024, 11:54

Queda de 51,8% eleva Sergipe ao posto de estado com maior redução nos roubos de veículos no país, aponta levantamento do MJSP

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Dados ratificam atuação estratégica e efetiva desenvolvida pelas forças de segurança pública na identificação e prisão dos autores desses crimes no estado

É de Sergipe a maior redução na incidência dos crimes de roubos de veículos – crimes praticados com violência e geralmente com uso de arma de fogo – em comparação entre os anos de 2022 e 2023, conforme atestaram os dados levantados no mapeamento feito pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A queda registrada no estado foi de 51,8%, ratificando a efetividade das estratégias adotadas de forma integrada pelas polícias Civil e Militar na identificação de grupos especializados nos roubos de veículos e em investidas criminosas contra motoristas por aplicativo.

Para o delegado Kassio Viana, diretor da Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), a redução identificada pelo MJSP ratifica os dados que já vêm sendo apresentados pela segurança pública de Sergipe ao longo dos anos. “Os números estão sendo levantados de forma concreta desde 2020. De lá para cá, a gente vem tendo redução ano a ano. Nesse ano de 2023, tivemos a nossa maior redução”, evidenciou.

Dentre os fatores que resultaram na queda da incidência dos roubos de veículos em Sergipe, está a integração entre as polícias Civil e Militar. “Mantemos a troca de informações de forma constante e fazemos operações para cumprir mandados de prisão, além de mapearmos os locais e horários com maior frequência dos crimes, o que é essencial para a efetividade do trabalho da segurança pública”, reforçou Kassio Viana.

Com a troca de informações entre as forças de segurança pública em Sergipe, a Polícia Militar recebe dados que norteiam as operações de combate aos crimes de roubos de veículos, conforme salientou o subcomandante do policiamento militar da capital, tenente-coronel Thiago Costa. “Assim montamos pontos de bloqueio e atuamos com equipes especializadas, obtendo esse resultado altamente positivo”, reiterou.

É justamente a troca de informações entre as polícias Civil e Militar que o secretário da segurança pública, João Eloy de Menezes, atribui como fator essencial para a queda de 51,8% nos roubos de veículos em Sergipe. “É a validação do Ministério da Justiça e Segurança Pública de que estamos agindo de forma estratégica e efetiva para deixar o nosso estado ainda mais seguro”, enfatizou.

Perícia é pilar essencial na redução

Mas para atestar que os veículos recuperados nas ações e operações policiais possuem elementos de que foram fruto de crimes de roubos e até mesmo passaram por adulterações, é que a Polícia Científica se soma ao trabalho estratégico da segurança pública de Sergipe. O Instituto de Criminalística (IC) conta com o Setor de Identificação Veicular que emite laudos periciais que trazem robustez aos inquéritos policiais.

Quando o veículo é apreendido nas ações e operações policiais feitas pelas polícias Civil e Militar de Sergipe, a autoridade policial faz a solicitação ao IC para a realização dos exames periciais sempre que há a possibilidade do veículo apreendido ter sofrido adulteração em sinais identificadores. “Os peritos criminais vão buscar exatamente qual é a identificação original daquele veículo”, esclareceu o diretor do IC, Luciano Homem.

Para essa identificação da adulteração de veículos advindos de crimes como os de roubo, os peritos criminais do IC utilizam técnicas e metodologias científicas, além de equipamentos modernos, conforme acrescentou Luciano Homem. “Temos o bioscópio, que é um instrumento óptico que nos permite acessar partes e locais de difícil acesso, principalmente no motor, além de reagentes não tóxicos”, esclareceu o diretor do IC.

Esse trabalho desenvolvido pela Polícia Científica é destacado pelo secretário João Eloy de Menezes como um pilar essencial na base que sustenta a queda de 51,8% nos roubos de veículos em Sergipe. “É graças à capacidade técnica e da qualificação profissional da nossa perícia oficial que temos conseguido identificar com laudos robustos que aquele veículo pertence a outra pessoa e, assim, podemos devolvê-lo à vítima”, declarou.

Redução impacta no preço do seguro

É com o trabalho integrado da Polícia Civil e da Polícia Militar – nas ações, operações e investigações – e da Polícia Científica – com os laudos periciais anexados às investigações – que as seguradoras sinalizaram a diminuição dos valores das apólices para os veículos que possuem endereço em território sergipano. Os sergipanos economizaram pelo menos R$ 30 milhões em seguros, conforme dados das seguradoras. A redução é de 12% nos valores que são pagos pelos proprietários de veículos no estado.

Para o delegado Kássio Viana, a redução dos seguros é também um dado a ser celebrado em Sergipe. “Mesmo com o aumento do número de sinistros como os acidentes, o que elevaria os valores das apólices de seguro, a queda dos roubos de veículos trouxe a diminuição dos valores pagos pelos proprietários de veículos em Sergipe. Em que pese o número de acidentes e perda total, a diminuição dos roubos de veículos puxou para baixo o valor do seguro no estado”, pontuou o diretor da DRFV.