Polícias Civil e Militar apreendem três adolescentes por ato infracional de estupro coletivo de vulnerável em Japaratuba

Durante estupro, vítima sofreu outras agressões físicas, além de ofensas

A ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar cumpriu, nessa quarta-feira, 20, no município de Japaratuba, três mandados de busca e apreensão e de internação contra três adolescentes investigados num ato infracional de estupro coletivo de vulnerável. As investigações mostraram que a vítima também é adolescente.

De acordo com os levantamentos policiais, dois dos menores têm 15 anos e o terceiro 14. No último dia 21 de fevereiro, por volta das 12h, a vítima tinha combinado de encontrar um dos adolescentes, na cidade japaratubense. Do local marcado, ela foi levada a um matagal, onde dois outros investigados chegaram.

A vítima teve a roupa tirada à força pelo trio e foi estuprada, enquanto era agredida no rosto e recebia ofensas. Após o ocorrido, foi registrado boletim de ocorrência na Delegacia de Japaratuba, dando início às investigações.

Em meio a diligências, a equipe de investigação conseguiu filmagens dos adolescentes saindo do local. Um short da vítima, com sangue, também foi apreendido e encaminhado à perícia, acompanhado de dois preservativos encontrados na área do ato. 

Com o andamento da investigação, o delegado Wilkson Vasco, que esteve à frente da ação, representou pela apreensão do grupo, sendo atendido pela Justiça.

Na quarta, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e de internação dos três adolescentes pelo ao infracional de estupro coletivo de vulnerável. Na ação, também foram apreendidos celulares e uma camisinha da mesma marca da usada no ato.

Última atualização: 21 de março de 2024 16:54.

Pular para o conteúdo