Polícia Civil retira 50 motocicletas do pátio da Delegacia de Poço Verde

Veículos ficarão a cargo do Detran

A Delegacia-Geral da Polícia Civil divulgou nesta quinta-feira, 11, que 50 motocicletas foram retiradas do pátio da Delegacia de Poço Verde. A ação foi coordenada pela Comissão de Custódia da Delegacia-Geral e visa retirar objetos apreendidos que não tiveram destinação dada pela polícia ou pelo Judiciário.

Segundo a coordenadora das delegacias da capital, Rosana Freitas, os veículos seguirão para o Detran. “O objetivo inicial da comissão é a retirada de veículos sem vinculação com processos judiciais ou procedimentos policiais que, após uma pesquisa minuciosa, estão sendo encaminhados ao Detran, para fins de leilão ou destruição”, informou.


Rosana Freitas complementou, informando que, a partir da retirada, os veículos ficam a cargo do Detran. “Os bens que não têm vinculação com o processo e que estão sendo retirados das delegacias, eles vão para o Detran/SE e, a partir daí, eles serão ou leiloados ou destruídos, a depender da condição. Para isso, é feito um procedimento de edital, de convocação de interessados, para ser feita essa destinação. Está sendo um trabalho eficiente e rápido, e já temos fruto dessa atuação”, salientou.

Os veículos parados nos pátios das delegacias, além de perderem seu valor comercial, podem ocasionar a propagação de doenças por conta do acúmulo de água parada, como Zika Vírus, Chikungunya e Dengue. Além disso, também existe a possibilidade da proliferação de ratos, cobras e outros animais peçonhentos.

Última atualização: 11 de abril de 2024 16:23.

Pular para o conteúdo