Polícia Civil

Estado de Sergipe

3 de maio de 2023, 10:17

Polícia Civil prende falsa juíza que aplicou Golpe do PIX em 40 vítimas na Grande Aracaju

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Ela prometia oportunidades de trabalho mediante transferência bancária

Atualizada às 10h15 – Equipes da 2ª Delegacia Metropolitana (2ª DM) prenderam uma mulher por usurpação da função pública em Aracaju. Ela se passava por juíza e enganava pessoas com uma falsa promessa de emprego. A prisão ocorreu nessa terça-feira (2).

De acordo com o delegado André Davi, a mulher foi identificada após denúncias. “Iniciamos as investigações e chegamos à investigada. Ao menos 40 pessoas foram vítimas. Várias dessas vítimas já entraram em contato com a 2ª DM”, destacou.

Conforme a apuração policial, a mulher presa, ao se passar por juíza, conseguia a confiança das vítimas, que acabam fazendo transferências bancárias na modalidade PIX para a conta da investigada.

Ainda segundo o delegado, a investigada primeiro se passou por funcionária, depois por defensora e, em seguida, por juíza. “Ela alegava que, como sendo juíza, tinha influência para colocar pessoas para trabalhar em serviços gerais, garçons e na cozinha”, citou.

André Davi revelou que ela cobrava uma média de R$ 100, para mulheres, e R$ 200, para homens. “Com a justificativa de aquisição de uniformes e formalização de documentos. Depois da prisão, muitas pessoas nos procuraram alegando terem sido vítimas”, informou.

As vítimas podem procurar a Polícia Civil para o registro do boletim de ocorrência, que vai robustecer as investigações que já estão em andamento. Algumas vítimas já procuraram a delegacia e irão comparecer à 2ª DM.