Polícia Civil prende em flagrante dois suspeitos por porte ilegal de arma de fogo em Aracaju

Eles são de São Paulo e, embora fossem CACs, descumpriram normas de manuseio e transporte do armamento

A Delegacia de Turismo (Detur), com o apoio da Divisão de Inteligência (Dipol), realizou uma operação em um restaurante situado na Orla de Atalaia, onde foi realizada a prisão em flagrante de dois suspeitos, ambos de 34 anos, oriundos do estado de São Paulo, por violarem as normas de manuseio e transporte de armamentos, mesmo sendo Colecionadores Atiradores Caçadores (CACs). Com os homens foram apreendidas duas pistolas e uma carabina, todas de calibre 9mm. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 11.

​​​​​​​Segundo informações policiais, a equipe estava presente no restaurante quando notou a chegada de três indivíduos, dois dos quais portavam objetos volumosos na cintura. Diante dessa suspeita, os policiais iniciaram o procedimento de abordagem e encontraram duas pistolas de calibre 9mm.

Ao serem questionados sobre a posse das armas, os detidos alegaram ser CACs e afirmaram ter acabado de chegar de Santos, São Paulo, com a intenção de visitar familiares em Tobias Barreto, no interior sergipano. Além das duas pistolas localizadas com os suspeitos, os policiais encontraram, em um veículo alugado, uma carabina de calibre 9mm e mais de 200 munições.

Apesar de possuírem registro como CACs, os detidos infringiram as normas estabelecidas para o manuseio e transporte das armas, uma vez que não tinham permissão para portá-las. Além disso, o calibre 9mm é designado para uso restrito pelas forças de segurança pública. Os presos foram encaminhados à Detur, onde foi registrado o flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

Última atualização: 12 de março de 2024 07:58.

Pular para o conteúdo