Polícia Civil

Estado de Sergipe

29 de abril de 2019, 16:13

Delegada geral entrega medalhas em reconhecimento aos serviços prestados à instituição

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Durante o 2º Encontro de Planejamento Estratégico da Polícia Civil, realizado nesta sexta-feira, 26, no auditório do Tribunal de Contas do Estado, também aconteceu a solenidade de entrega de medalhas de honra ao mérito para agentes, escrivães, delegados, políticos, empresários e demais personalidades de várias partes do Brasil que prestaram relevantes serviços à Polícia Civil de Sergipe.

Na solenidade, a delegada geral, Katarina Feitoza, entregou o selo de eficiência de gestão a 16 unidades policiais. O selo de eficiência na gestão é concedido às unidades da Polícia Civil em reconhecimento ao notório destaque na atividade-fim e na contribuição que elas deram ao desenvolvimento, aperfeiçoamento e engrandecimento da Polícia Civil no Estado de Sergipe. O selo foi criado foi criado pelo Decreto Nº 40.357, de 17 de abril de 2019.

Ao todo, foram entregues 122 medalhas, 16 selos de eficiência e sete placas de reconhecimento. As condecorações foram concedidas a agentes que atuam na segurança pública de Sergipe e de outras unidades da federação, assim como para pessoas da sociedade civil que desempenham ações positivas para a população sergipana.

O agente da Polícia Civil e chefe de gabinete da SSP, José Evandro, foi um dos homenageados com a medalha Mérito Polícia Civil. Ele destacou a solenidade como um momento de reconhecimento pelos serviços prestados pelos homenageados para a sociedade sergipana e demonstrou satisfação com a condecoração.

“Eu entrei na Polícia Civil de Sergipe em 2002, aprovado para o cargo de agente de polícia. Esse momento é o reconhecimento ao trabalho, ao engrandecimento e a coroação de um trabalho de tanto tempo e com dedicação. A importância que a polícia Civil tem e é uma honra para mim ter sido agraciado com essa comenda”, disse. 

O coronel Andrade, superintendente executivo da Secretaria da Segurança Pública (SSP), também recebeu a condecoração e ressaltou a importância do reconhecimento do trabalho diário de todos que compõem a segurança pública.

“É um reconhecimento de quem convive diuturnamente na investigação, na segurança pública, quando vem o reconhecimento desse trabalho serve para você saber que está no caminho certo; quem ganha somos nós e a sociedade. O evento só vem coroar e mostrar a importância do profissional da segurança pública no dia a dia, isso realmente é gratificante para qualquer profissional”, reconheceu.

O delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt, também foi um dos homenageados e destacou a satisfação com o reconhecimento do trabalho desenvolvido nacionalmente e, em particular, com o apoio no desenvolvimento e formatação da nova marca da Polícia Civil de Sergipe.

“Eu me sinto muito honrado de estar participando desse evento. É uma satisfação podermos ter contribuído para o crescimento da Polícia Civil de Sergipe, não só na formação de policiais, mas também na ideia, na concepção da nova identidade visual, que é um projeto nacional das Polícias Civis e que conseguimos implementar quando presidente do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia. É importante que saber que esse trabalho foi reconhecido por um outro estado. E ficamos muito felizes com esse reconhecimento”, enfatizou.

Na solenidade, também foram homenageados os servidores da segurança pública já aposentados Ubirajara de Lima Santos, Edvaldo de Oliveira Santos, Célia Maria dos Reis, Lucia Jardim de Araujo, Wilma Martins de Souza Menezes. Além das homenagens póstumas ao agente Sérgio Figueredo de Souza e ao cabo Robson de Oliveira Lima.

Premiação do I Torneio de Tiro

A solenidade também premiou os policiais vencedores do I Torneio de Tiro realizado no dia 25, no stand de tiros da Academia de Polícia Civil (Acadepol). O torneio foi dividido em duas categorias, feminino e masculino, e foi realizado em comemoração ao Dia do Policial Civil. Os vencedores também foram homenageados durante a solenidade.