Polícia Civil

Estado de Sergipe

6 de novembro de 2023, 10:57

Polícia Civil e GMA localizam grupo suspeito de furtar celulares no Pré-Caju 2023

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

20 aparelhos telefônicos foram apreendidos entre outros itens de posse do grupo

A Polícia Civil, por meio da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) e com apoio da Guarda Municipal de Aracaju, prendeu na tarde do domingo, 5, no bairro Aruana, na Zona de Expansão da capital, cinco suspeitos de furtos a celulares no Pré-Caju 2023. Durante a ação, 20 aparelhos telefônicos foram apreendidos.

A partir do registro de Boletins de Ocorrência por furtos de celulares ocorridos no sábado, 4, a Polícia Civil iniciou diligências, no sentido de localizar possíveis autores dos crimes. Com o levantamento das imagens registradas no circuito do Pré-Caju 2023 e o trabalho investigativo, o serviço velado da Core chegou a uma casa alugada por temporada no bairro Aruana.

A coordenadora das Delegacias da Capital, delegada Rosana Freitas, ressaltou que, neste caso, as informações recebidas da Guarda Municipal de Aracaju foram muito importantes e, a partir delas, foram iniciadas as diligências junto ao serviço de inteligência da Polícia Civil para localizar pessoas que tinham furtado dezenas de celulares. No local, a Core constatou uma movimentação suspeita e a presença de um veículo modelo Gol, locado na cidade de Salvador. Com o apoio da Guarda Municipal, foi feita a abordagem a homens que circulavam no entorno da residência, e eles conduziram os agentes de segurança ao imóvel onde os comparsas estavam.

“Percebemos uma movimentação estranha nas proximidades da residência e decidimos realizar a abordagem. Todos foram levados para a Delegacia de Turismo, onde prestaram depoimento. Vamos manter a investigação, na perspectiva de tentar localizar outras pessoas e recuperar mais aparelhos”, disse.

Na casa, além do restante do grupo, 20 aparelhos celulares foram apreendidos, relógios, dinheiro em espécie, três correntes, aparentemente de ouro, líquido identificador de ouro, chips avulsos, cartões de crédito, uma maquineta de cartão, abadás de um bloco e de camarote, dentre outros objetos.

Os cinco suspeitos foram detidos e encaminhados à Central de Flagrantes, juntamente com os materiais apreendidos. O caso será remetido à Delegacia de Turismo (Detur), que conduzirá o inquérito policial, investigando os possíveis crimes cometidos pelo grupo.

A delegada ressaltou a importância do trabalho preventivo feito durante a prévia carnavalesca. “A gente fez um trabalho bastante preventivo no Pré-Caju, com um aumento exponencial dos cadastros feitos pela Alerta Celular. Como era esperada em uma festa com quase 300 mil pessoas, quadrilhas especializadas se infiltram tanto na pipoca, como em blocos para furtar celulares. Tivemos registros importantes, sobretudo no sábado”.

Ação conjunta
 

O comandante-geral da Guarda Municipal de Aracaju, subinspetor 2ª classe Fernando Mendonça, destacou a importância da ação conjunta para a recuperação do material furtado durante a prévia carnavalesca. “Fomos informados, pela Polícia Civil, para que fosse observada a circulação de um veículo, ele foi visualizado e nós fizemos a primeira abordagem. Constatamos a informação que nos havia sido passada anteriormente pela polícia, que foi notificada e veio para dar continuidade à abordagem e a tudo o que transcorreu posteriormente. Foram recuperados itens furtados de várias pessoas. Toda essa operação em conjunto mostra a importância do município atuando na segurança dos seus cidadãos”, afirmou.

Para Mendonça, ações como essas demonstram que a parceria entre GMA e SSP resulta em uma maior eficiência para os cidadãos. “Nós, da Guarda Municipal, já trabalhamos em parceria com a Polícia Civil desde antes mesmo do Pré-Caju, com a utilização do nosso canil e do Grupo Tático de Operações. Neste evento, houve novamente essa integração com a Polícia Civil, que utilizou a união de outras forças, como o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, entre outras. Quando nós trabalhamos de forma integrada, passamos a ter mais eficiência, e, com isso, quem ganha é a população”, ressaltou.