Polícia Civil

Estado de Sergipe

7 de junho de 2024, 10:51

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra investigado por sequestro em Canindé de São Francisco

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Caso ocorreu em maio deste ano, quando vítima foi obrigada a entrar em um carro e foi levada para o interior de Alagoas

Equipe da Delegacia de Canindé de São Francisco cumpriu mandado de prisão preventiva contra um homem investigado pelo sequestro que ocorreu no dia 18 de maio deste ano. A vítima foi forçada a entrar em um carro e foi levada à cidade alagoana de Delmiro Gouveia (AL). A decisão judicial de prisão foi cumprida nessa quinta-feira, 6.

De acordo com as investigações, a vítima compareceu à unidade policial e narrou que estava em sua residência, acompanhada de um amigo, quando o investigado invadiu o imóvel. O caso ocorreu no período da madrugada. 

Ainda segundo as informações policiais, a vítima relatou ainda que, com o uso de uma faca, o investigado coagiu a vítima a sair da casa e entrar no veículo dele, em direção a Alagoas. Além disso, a vítima narrou ainda que o investigado parou o veículo por diversas vezes para agredi-la fisicamente.

Também conforme o relato da vítima fornecido à equipe da unidade policial, as agressões a fizeram desmaiar. Ao recobrar a consciência, no momento em que o veículo estava em movimento, a vítima conseguiu retirar a faca das mãos do investigado e jogá-la para fora do veículo. 

A vítima afirmou ainda que foi levada para uma casa localizada na cidade de Delmiro Gouveia (AL), na qual estava um amigo do autor e da vítima que de nada sabia. A vítima foi forçada pelo investigado a dormir no mesmo cômodo que ele e, apenas no dia seguinte, conseguiu pedir ajuda ao amigo do casal.

O amigo entrou em contato com parentes do investigado e estes acionaram a Polícia Militar de Alagoas. No dia dos fatos, o investigado não foi conduzido para lavratura do procedimento flagrancial. A vítima já havia denunciado o investigado anteriormente. Em razão dos fatos, foi solicitada a prisão preventiva.