Polícia Civil

Estado de Sergipe

30 de novembro de 2023, 06:38

Polícia Civil cumpre mandado de prisão contra investigada por cárcere e maus-tratos contra idoso em Propriá

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Vítima também teve estado de saúde piorado durante ação criminosa da investigada

Em ação conjunta realizada entre a Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Propriá e a Delegacia Municipal de Porto da Folha, foi cumprido o mandado de prisão preventiva contra uma mulher investigada por cárcere privado, abandono de incapaz, induzimento à outorga de procuração, apropriação de bens e maus tratos. Os crimes foram todos praticados contra um idoso, em Propriá. A ação policial ocorreu nessa quarta-feira, 29.

De acordo com a delegada Natasha Gusmão, responsável pelas investigações, após ser acometido por um acidente vascular cerebral e ter parte das funções cognitivas comprometidas, o idoso, então vítima, passou a ser induzido pela autora a outorgar-lhe procurações.

“Além de ter oficializado com ela união estável e lhe instituído como herdeira legatária da totalidade de seus bens; tudo isso no exíguo prazo de menos de 15 dias depois da alta hospitalar”, revelou a delegada.

Resolvidas essas questões, a vítima teve suas roupas e objetos pessoais doados, foi isolada de seus familiares e amigos, e passou a ser mantida amarrada a uma cama – impedida até mesmo de tomar banhos de sol -, enquanto seu patrimônio era dilapidado.

“O estado de saúde também  piorava sem acompanhamento adequado, em evidente submissão a tratamento desumano”, acrescentou Natasha Gusmão detalhando a gravidade da situação pela qual passava a vítima.

Após diligências realizadas em Porto da Folha, sob o comando do delegado Felipe Barbosa, a investigada foi localizada, estando, atualmente, à disposição do Poder Judiciário.