Polícia Civil

Estado de Sergipe

6 de junho de 2024, 15:54

“Operação Duplo X” localiza, em Aracaju, investigado por liderar facção criminosa na Bahia

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

A “Duplo X” prendeu outros nove integrantes do crime organizado em diferentes estados do país

Na manhã desta quinta-feira, 6, no bairro Atalaia, em Aracaju, diversas equipes de segurança pública de Sergipe e de outros estados localizaram um homem de 31 anos, investigado pelos crimes de tráfico de drogas e organização criminosa e suspeito de liderar uma facção criminosa na Bahia. A ação ocorreu dentro da “Operação Duplo X”, que tem como objetivo combater o crime organizado em todo o país.

A operação foi realizada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado em Sergipe e Bahia (FICCO); Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe Nordeste); Polícia Civil de Sergipe, por meio do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Delegacia Regional de Tobias Barreto; Polícia Militar e Divisão de Inteligência e Planejamento Policial da Polícia Civil (Dipol) e da PMSE.

A iniciativa visou cumprir um mandado de prisão contra um investigado pelos delitos de tráfico de drogas e organização criminosa. Com a chegada dos agentes de segurança ao local onde ele estava, o suspeito reagiu à voz de prisão, com uma arma de fogo, tipo pistola calibre 9mm.

No confronto armado, o homem acabou sendo atingido e foi levado ao Hospital de Urgências de Sergipe (Huse), onde acabou evoluindo a óbito. As investigações policiais apuraram que o suspeito, além de liderar a facção criminosa da Bahia, com atuação nacional, também esteve envolvido em homicídios de agentes de segurança no estado baiano.

A “Operação Duplo X” prendeu outros nove envolvidos no crime organizado nos estados da Bahia e do Rio de Janeiro. Além do que, ordens judiciais foram cumpridas em cinco bairros de Salvador e também no sistema prisional.