Polícia Civil

Estado de Sergipe

18 de janeiro de 2024, 08:35

Núcleo de Planejamento e Execução de Projetos da Polícia Civil capta recursos na ordem de R$ 16 milhões para instituição

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Recursos foram e serão aplicados na aquisição de armas, coletes, algemas, caminhão reboque e cofres

Em 2023, o Núcleo de Planejamento e Execução de Projetos (Nupep) alcançou a marca de mais de R$ 16 milhões em investimentos para a Polícia Civil de Sergipe. Os recursos são fruto de termos de adesão, fundo a fundo, emendas, doações e convênios. Os valores estão sendo investidos em diversos equipamentos necessários à atuação da Polícia Civil de Sergipe na capital e no interior do estado.

Conforme o levantamento feito pelo Nupep da Polícia Civil, o montante total é de R$ 16.787.758,99. Desse total, já foram investidos R$ 10.247.558,37 na aquisição de itens para a instituição. Outros R$ 4.264.064,31 são recursos que já estão sendo aplicados em novas aquisições. Mais R$ 2.276.136,31 ainda serão aplicados em novas aquisições.

Dentre os itens já adquiridos, estão algemas, escudos balísticos, notebooks, fuzis arad IWI556, fuzis de patrulha 762, coletes balísticos, coturnos, microondas, caminhão reboque e cofre. Os itens são essenciais para as atividades de segurança pública desenvolvidas pela Polícia Civil de Sergipe e foram adquiridos pelo Nupep a partir de documentos de oficialização de demandas.

De acordo com o diretor do Nupep, Christian Accioly, os processos de investimentos contam com o suporte da Assessoria de Planejamento da Secretaria de Segurança Pública (Asplan), assim como da cúpula da Polícia Civil. “Ouvindo as nossas sugestões, aceitando-as e indo buscar recursos junto às entidades federais. O Nupep é específico da Polícia Civil, e os recursos são executados no ano seguinte, por isso, em 2024, vamos executar recursos captados em 2023”, explicou.

Nupep

O Núcleo de Planejamento e Execução de Projetos (Nupep) da Polícia Civil foi criado em meados de 2021, pelo delegado-geral Thiago Leandro, e tem como missão realizar a elaboração, o planejamento e a execução dos projetos da instituição, visando a aplicação dos mais diversos recursos, tendo como consequência a modernização e a constante melhoria na sua capacidade de gestão.