Polícia Civil

Estado de Sergipe

14 de dezembro de 2023, 14:55

Mandados de busca e apreensão de investigação da Polícia Civil de Alagoas são cumpridos em Sergipe

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Investigados têm envolvimento com crimes contra instituições financeiras

Dois mandados de busca e apreensão expedidos após investigação da Divisão Especial De Investigação e Capturas (Deic) foram cumpridos em ação conjunta entre as polícias Civil e Militar de Sergipe em Canindé de São Francisco. Os investigados alvos dos mandados de busca e apreensão estão envolvidos com crimes de organização criminosa de roubos contra instituições financeiras e explosão de carro forte em Alagoas. 

De acordo com o delegado Alisson Lial, dentre os investigados em Sergipe, dois dos quatro investigados não foram encontrados no estado. “Outros dois alvos estavam sim no endereço. Um desses investigados foi encontrado pela BPCaatinga, no centro de Canindé de São Francisco, porém nada foi encontrado”, explicou.

Em outro endereço, na região Ribeirinha de Canindé de São Francisco, em um condomínio de casas, houve uma recusa inicial de abertura. “Após o ingresso dos policiais, houve resistência armada ao cumprimento da ordem, com confronto. O investigado foi atingido, socorrido ao hospital, mas não resistiu e morreu”, relatou o delegado.

Ainda conforme segundo o delegado, na casa desse investigado que reagiu à ação policial, foram encontrados diversos celulares, uma arma de fogo calibre 9mm, computador e outros objetos. “O Cope, a Delegacia de Canindé, o BPCaatinga e a Cipcães atuaram em conjunto para o cumprimento dos mandados da investigação do Deic de Alagoas”, finalizou.

Investigação

As investigações tiveram início após uma ocorrência de um assalto a carro-forte, ocorrido em 2019 na cidade de Inhapi. Como desdobramento das investigações, os setores especializados em roubos a bancos de Alagoas, Pernambuco, Sergipe e Bahia vinham acompanhando membros da organização criminosa voltada ao cometimento desse tipo de crime.No mês de outubro deste ano, dois dos investigados foram flagrados assaltando uma agência do Banco do Brasil em Minas Gerais. Através de contato com a polícia mineira, eles foram presos. Outros nove investigados que estavam em liberdade foram alvos da operação desta quinta-feira nos quatro estados envolvidos. Dois deles foram presos, um em Alagoas e outro em Pernambuco, com vasto material ilícito e outro acabou morrendo no estado de Sergipe, após receber as equipes policiais a tiros e ferido no momento que os policiais revidaram a agressão sofrida. Com informações de SSP AL