Polícia Civil

Estado de Sergipe

19 de junho de 2024, 11:12

Funcionamento plantonista da Detur identifica suspeitos de furtos e garante segurança de sergipanos e turistas no Arraiá do Povo

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Unidade atua no registro de ocorrências e apuração de casos registrados tanto na área da festa, quanto nos bairros Atalaia e Coroa do Meio

Para garantir a segurança de sergipanos e turistas no Arraiá do Povo, a Polícia Civil estabeleceu o funcionamento plantonista da Delegacia de Turismo (Detur). A unidade tem acompanhando também os registros de ocorrência nos bairros Atalaia e Coroa do Meio. Como resultado da atuação plantonista da unidade policial, a Polícia Civil avalia que os festejos juninos estão transcorrendo de forma tranquila, inclusive com a identificação e prisão de suspeitos de furto de celulares, em ação conjunta com a Polícia Militar.

O funcionamento plantonista da Detur tem início antes mesmo do começo da apresentação das bandas no Arraiá do Povo. “Terminando, posteriormente, cerca de duas horas depois do término das atrações musicais, para justamente que haja um acompanhamento das ocorrências antes, durante e depois das apresentações”, detalhou a delegada Rosana Freitas, coordenadora das delegacias da capital da Polícia Civil. 

Esse regime de plantão da Detur visa tanto viabilizar a comunicação de eventuais ocorrências pela população, quanto o registro dos casos encaminhados pelas forças de segurança pública na região do Arraiá do Povo. “Para que haja um melhor aparato na recepção de ocorrências trazidas pelas demais forças de segurança, como a Polícia Militar e a Guarda Municipal”, reiterou Rosana Freitas.

Equipes completas

Para garantir o atendimento às eventuais ocorrências relacionadas ao Arraiá do Povo e ao entorno do tradicional evento junino da Orla de Atalaia, Rosana Freitas explicou que o plantão da Detur é composto por equipes completas da Polícia Civil. “É um plantão completo, formado por equipes constituídas por delegados, agentes e escrivães, assim como equipes veladas que estão atuando junto à Polícia Militar”, especificou.

Apuração de ocorrências

É também com o funcionamento plantonista da Delegacia de Turismo que eventuais ocorrências registradas na Detur são apuradas já no decorrer dos dias de realização do Arraiá do Povo. “A atuação, em conjunto com a Polícia Militar, visa a identificação de pessoas vinculadas a furtos de celulares, assim como também de pessoas que se envolvem em brigas e confusões”, contextualizou a coordenadora das delegacias da capital.

Procedimentos após ocorrências

A partir do registro das ocorrências na Detur, os casos podem tanto ser investigados pela própria unidade policial, quanto por delegacias especializadas, assim como detalhou Rosana Freitas. “A Detur acompanhava as ocorrências do Arraiá do Povo e do perímetro da festa, como dos bairros Atalaia e Coroa do Meio. As demais ocorrências seguem para a DAGV [Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis] e para Central de Flagrantes”, descreveu.

Além dos procedimentos feitos pelas equipes da Detur – referentes à recepção das ocorrências – a Polícia Civil conta com um trabalho ostensivo de apoio à Polícia Militar. “Trabalho realizado pelo Departamento de Narcóticos (Denarc), Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (Depatri) e Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Essas unidades operacionais se posicionam em locais importantes”, detalhou Rosana Freitas.

Com o trabalho plantonista da Detur, alinhado à atuação da Polícia Militar e das unidades especializadas, Rosana Freitas avaliou que o Arraiá do Povo vem ocorrendo de maneira tranquila para sergipanos e turistas em 2024. “Isso resultou em uma diminuição significativa da quantidade de boletins de ocorrência registrados relacionados a ocorrências como de furto de celulares”, ressaltou. 

Demais plantões

Como o período junino em Aracaju e região metropolitana é repleto de festividades, a Polícia Civil também conta com outros plantões específicos para cada localidade. “Durante os eventos que irão ocorrer na Grande Aracaju, como o Forró Caju e o Forró Siri, nós teremos plantões específicos para essas localidades”, contextualizou a coordenadora das delegacias da capital, Rosana Freitas.

Denúncias

A Polícia Civil orienta que a população comunique as eventuais ocorrências – tanto em torno do Arraiá do Povo e demais festividades juninas, quanto nos bairros – às unidades policiais, por meio do registro do boletim de ocorrência. Informações e denúncias sobre crimes e suspeitos de ações criminosas sejam repassadas à polícia por meio do Disque-Denúncia, no telefone 181. O sigilo do denunciante é garantido.