Polícia Civil

Estado de Sergipe

5 de dezembro de 2023, 08:40

Falsa comunicação de roubo de motocicleta resulta em ação policial com dois presos por investida criminosa contra loja de celulares

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Outros envolvidos no crime já foram identificados e as buscas seguem em andamento para localizá-los e prendê-los

Com a falsa comunicação de um roubo de motocicleta, dois suspeitos do roubo praticado contra uma loja de aparelhos de celulares em Nossa Senhora do Socorro foram presos em flagrante em ação conjunta entre a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) e o Regimento de Cavalaria Mecanizada de Motopatrulhamento (Getam). As investigações sobre o crime contra o estabelecimento comercial continuarão em andamento pela 5ª Delegacia Metropolitana (5ª DM), unidade policial da área onde ocorreu o crime. Os detalhes sobre a ação policial foram divulgados nesta segunda-feira, 4.

De acordo com o delegado Kassio Viana, a DRFV recebeu um homem comunicando ter sido vítima de roubo de motocicleta na Taiçoca, em Nossa Senhora do Socorro. “Devido ao nervosismo dele e a contradição de informações, começamos a desconfiar de que ele teria participado de um roubo já que sua motocicleta tinha imagens sendo divulgadas em redes sociais como sendo utilizada no crime na loja”, relatou.

Enquanto era feito o interrogatório desse homem na DRFV, houve a comunicação do Getam. “A partir daí intensificamos o interrogatório, e ele resolveu contar que tinha trocado a motocicleta com um amigo, mas deu nomes de diversas pessoas diferentes. Conseguimos descobrir que a motocicleta que ele utilizou para ir a delegacia era de um suposto parceiro dele”, complementou o delegado.

Segundo o sargento Josimar dos Santos, do Getam, a equipe estava em patrulhamento na área onde ocorreu o roubo contra a loja. “A gente fez diligências até as proximidades da loja, porém antes de a gente chegar lá, recebemos o informe de que uma das motocicletas utilizadas no crime teria sido roubada e teria sido levada para a prainha do Santa Maria. Então, lá visualizamos a motocicleta”, detalhou.

Conforme o militar, como se tratava de uma motocicleta relacionada a crime, foi feito o contato com a DRFV. “O delegado disse que poderíamos trazer a moto até a delegacia porque tinha uma situação em andamento de um flagrante. Então viemos à DRFV. Tomamos conhecimento de que o proprietário da moto tinha emprestado o veículo a outra pessoa, que participou do roubo à loja”, relatou.

Pela placa da motocicleta, foi identificado o nome do proprietário do veículo. “Fomos ao endereço e, lá fomos informado pela mãe do do dono do veículo que não era o filho, mas sim o irmão que estava com a motocicleta. A identificação foi repassada à DRFV, e a localização dele foi encontrada. Ainda na situação de flagrante, prendemos o suspeito de envolvimento no roubo à loja”, relatou o sargento.

De acordo com o delegado Kassio Viana, já com a presença de advogado, um dos suspeitos confessou o crime e disse onde estava alguns dos aparelhos celulares roubados. “Nós localizamos nove dos aparelhos. A gente sabe que há outros autores, pois tinha tanto na parte externa dando apoio e tinha outros na logística. Essas informações serão remetidas à 5ª DM”, acrescentou.

Ainda de acordo com o sargento Josimar dos Santos, foi identificado que o suspeito possui passagem criminal por roubo e furto de celulares. “Por isso é importante essa interação entre as instituições, pois quem ganha com isso é o cidadão. A prova disso é que, momentos após a prática do roubo à loja, já tinha os dois suspeitos presos em flagrante e parte da mercadoria foi recuperada”, ressaltou.

Kassio Viana concluiu ressaltando que as investigações continuam em andamento. “É um grupo criminoso especializado em furto e roubo de celulares. Uma parte do grupo foi presa no Pré-Caju, mas o grupo criminoso agiu novamente. Já temos identificação de outros integrantes e as investigações seguirão pela 5ª DM, pois o procedimento foi feito na DRFV em decorrência do flagrante”, finalizou o delegado.