Ex-presidiário reage à abordagem policial na cidade de Monte Alegre/SE

Investigado já tinha passagens e há alguns anos aterrorizou donos de queijarias no alto sertão sergipano

Em uma nova investida de policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e de militares da Companhia Integrada de Operações em Áreas de Caatinga (Ciopac) nesta quinta-feira (28) foi deflagrada uma operação para localizar Valdeci de Almeida, mais conhecido como “Côco”, 42 anos.

Segundo as investigações, Valdeci era acusado de diversos roubos e homicídios ocorridos no sertão sergipano e possuía também inúmeras passagens policais. Ele reagiu à abordagem policial em Monte Alegre, sertão sergipano, e acabou morrendo.

Segundo o delegado Dernival Eloi, diretor do Cope, Côco era bastante temido no sertão sergipano pela violência e audácia em suas ações. “Ele foi localizado trafegando pela Rodovia 230, mais conhecida como Rota do Sertão, na altura do município de Monte Alegre de Sergipe. A abordagem foi procedida por policiais civis do Cope e pela Ciopac”, explicou Dernival Eloi.

Os investigadores ainda informaram que no ano de 2015, Côco causou terror aos produtores de queijo do Alto Sertão, promovendo uma onda de assaltos em queijarias. Desde de 2014, quando progrediu para o regime aberto, ele estava em liberdade.

Última atualização: 29 de janeiro de 2021 12:14.

Pular para o conteúdo