Polícia Civil

Estado de Sergipe

27 de março de 2024, 16:44

DHPP elucida homicídio de taxista e prende cinco envolvidos

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

A morte da vítima foi encomendada por dois presidiários

Nesta quarta-feira, 27, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o auxílio da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), elucidou o homicídio do taxista Luciano dos Santos, que foi morto na madrugada do dia 25 de outubro de 2022, no bairro Santos Dumont, na capital. Assim, foram cumpridos mandados de prisão preventiva contra cinco pessoas que estavam envolvidas no crime.

Segundo informações policiais, a morte de Luciano dos Santos, taxista que exercia suas atividades transportando pessoas para realizar visitas aos internos do Presídio de Tobias Barreto, foi ordenada por dois presidiários.

As investigações apontam que a vítima foi atraída ao local do crime por um ex-presidiário, que se passou por uma falsa passageira que desejava contratar os serviços da vítima para transportá-la até o Presídio de Tobias Barreto.

Ao chegar no local indicado e estacionar o veículo, a vítima foi surpreendida por um homem com passagens criminais, que efetuou os disparos de arma de fogo em sua cabeça. A ação foi executada a mando de dois presidiários. 

Além desses quatro envolvidos no crime, a irmã de um dos mandantes também foi detida, em cumprimento a mandado de prisão, por envolvimento no caso. Os cinco investigados estão à disposição do Poder Judiciário.

Os quatro homens detidos são integrantes de uma associação criminosa, responsável pela execução de diversos homicídios em Aracaju. A mulher presa atua como apoio nas ações delituosas praticadas pelo grupo.