Polícia Civil

Estado de Sergipe

28 de novembro de 2023, 10:03

Delegada da Polícia Civil recebe título de cidadã sergipana

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Luciana Pereira é natural de Feira de Santana (BA) e atualmente é a titular da Delegacia de Turismo (Detur)

Em reconhecimento aos excelentes serviços prestados na Polícia Civil, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) concedeu o título de cidadã sergipana à delegada Luciana Pereira, que atua na Delegacia de Turismo (Detur). A honraria foi entregue em solenidade que aconteceu na Alese nesta segunda-feira, 27. A iniciativa é da deputada estadual Carminha Paiva.

“Muito me honra receber este reconhecimento em público, e, por mais que muitos colegas tenham dito que eu iria tirar esse momento com certa facilidade, posso vos garantir que estou muito emocionada e tentando não chorar. Hoje recebo este diploma das mãos da deputada Caminha – a qual se recorda de situações da minha vida profissional as quais eu não me lembrava –, mas, frise-se, com o coração repleto de gratidão, confesso a vocês que ele chega apenas para contextualizar um sentimento que já sinto desde o primeiro momento que pisei neste estado. O mesmo amor que sinto por minha cidade, Feira de Santana, onde guardo memórias maravilhosas, eu também sinto um carinho, amor e respeito imenso por Sergipe”, destacou Luciana, em entrevista a Agência Alese.

Trajetória pessoal

Luciana Pereira de Almeida nasceu aos 11 dias do mês de Junho de 1980, na cidade de Feira de Santana (BA). Passou na Universidade Estadual da Bahia para o curso de Administração de empresas, o qual cursou por menos de um ano, sendo aprovada no curso de direito na Universidade Estadual de Feira de Santana.

Concluiu a faculdade e prestou a prova da OAB, optando pela matéria de Direito Tributário. Trabalhou como advogada da OAB, por alguns meses, quando então resolveu fazer o concurso para delegada de polícia de Sergipe, sendo aprovada e entrando para o quadro da polícia em 10 de outubro de 2008.

Durante esse período fez pós-graduação em Processo Civil e em Lavagem de Dinheiro.

Assumiu e teve sua primeira lotação como delegada nas cidades de Pacatuba e Telha, onde ficou lotada por oito meses, assumindo então a delegacia de Campo do Brito. Algum tempo depois, assumiu as delegacias de Frei Paulo e Pinhão.

Em seguida assumiu a pasta de roubos e furtos na cidade de Lagarto, onde passou alguns meses e foi convidada a assumir o cargo de delegada regional em Maruim.

Passados dois anos, substituiu e atuou, por um período, na Delegacia de Defraudações e Combate à Pirataria, retornando ao cargo de delegada regional, onde ficou por cerca de dois anos.

Luciana também foi convidada a assumir a Dipol como diretora administrativa, sob a chefia da diretora Aliete e coordenação geral do delegado Adriano Maynard. Durante o período em que esteve na Dipol, também assumiu a direção do Laboratório de Combate à Lavagem de Dinheiro.

No ano de 2018, assumiu uma pasta da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, mantendo-se atrelada também ao laboratório.

Em outubro de 2021, após trabalho contínuo no DHPP tendo como foco o município de Nossa Senhora do Socorro. Em seguida, passou a atuar na 5ª DM, onde permaneceu como delegada titular até janeiro de 2023, quando foi convidada a assumir a titularidade da Detur e da Polinter, local onde encontra-se lotada.

Fotos: Jadilson Simões | Agência de Notícias Alese