Polícia Civil

Estado de Sergipe

17 de abril de 2020, 06:59

Ação conjunta da PC e PM resulta na prisão de três homens nos municípios de Pedrinhas e Boquim

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

As prisões envolvem tráfico de drogas e também um foragido do sistema prisional

Na noite da última quarta-feira, 15, as polícias Civil e Militar dos municípios de Boquim e Pedrinhas realizaram uma operação que resultou na prisão de três suspeitos, sendo dois autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e associação ao tráfico. Eles foram identificados como Carlos Daniel Santos Rodrigues e Ricardo Reis de Jesus. Já o terceiro, que estava foragido do sistema prisional, foi identificado como Alan Cezar dos Santos.

Segundo o delegado Marcelo Hercos, as equipes policiais estavam monitorando o comércio de entorpecentes realizado no bairro São Miguel, o qual estaria sendo promovido pelo suspeito conhecido como “Carlinhos”.

No momento em que os policiais perceberam a presença de uma pessoa interessada em comprar drogas, “Carlinhos” não se encontrava em casa, mas o vizinho, “Ricardo”, interagiu com esse suposto usuário de drogas e orientou o mesmo onde ele poderia encontrar “Carlinhos”.

Com isso, o suposto usuário foi embora e alguns minutos depois “Carlinhos” chegou, momento o qual “Ricardo” se comunicou com ele, passando a situação ocorrida. Logo em seguida, “Carlinhos” retornou ao local e foi abordado pelos policiais.

Com o suspeito foi encontrado um telefone e um invólucro contendo maconha. “Ele contou que morava na casa dos pais, num local longe dali, contudo, portava uma chave, e essa chave abria a casa onde justamente haviam informações de funcionar uma ‘boca de drogas’, que estava na frente dele. Então fizemos a busca nessa casa”, explicou o delegado.

No local foram encontrados cerca de R$750 em dinheiro e mais aproximadamente 15 invólucros de maconha com o mesmo tipo de acondicionamento, ou seja, um papel alumínio, daquele que foi encontrado em sua posse. Diante dessa constatação, “Carlinhos” e “Ricardo” foram conduzidos à delegacia e autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico de drogas.

A Polícia Civil segue trabalhando para investigar a origem do telefone encontrado com o suspeito, caso seja comprovado ter sido originário de furto ou roubo, também será feita a autuação nesse sentido.

Outra prisão

Além dessas prisões, existia a informação de um homem que poderia ser foragido do sistema prisional no município de Pedrinhas. Após diligências, ele foi localizado e identificado como um suspeito com condenação de 15 anos por crime de homícidio. “Nós tínhamos a informação de que no município de Pedrinhas, havia um suspeito que foi condenado pelo crime de homicídio, ocorrido no município de São Cristóvão. Ele teria sido colocado em liberdade pela justiça sob alegação de que se trata de um suspeito em situação de risco, em razão da pandemia do coronavírus. Restando ele ainda a pagar vários anos da pena”, citou o delegado.

O Poder Judiciário determinou que ele ficasse em prisão domiciliar no município de São Cristóvão, em sua residência fixa, com a tornozeleira eletrônica. Descumprindo a ordem judicial, o homem fugiu para o município de Pedrinhas sem a posse da tornozeleira eletrônica. Em razão disso, foi autuado também em flagrante pelo crime de desobediência.