Polícia Civil

Estado de Sergipe

26 de julho de 2021, 17:38

Acadepol realiza Curso de Operação de Drone para servidores da segurança pública de SE

RSS
Follow by Email
Facebook
Twitter

Objetivo é capacitar os profissionais para o uso do equipamento em ações e operações policiais em locais de difícil acesso e grande movimentação de pessoas

Com o objetivo de capacitar os agentes da segurança pública sobre o uso do drone nas ações, operações e investigações das forças de segurança pública, está sendo realizado entre esta segunda-feira (26) e a próxima quarta-feira (28) o Curso de Operação de Drone na Academia de Polícia Civil (Acadepol). A aeronave não tripulada tem se tornado equipamento essencial para as operações e ações de segurança pública em locais de difícil acesso ou que possuam grande fluxo de pessoas.

O presidente da Associação Brasileira de Multirrotores (ABM), Lincoln Alex Kadota, ressaltou que o curso leva em consideração a vasta possibilidade de deslocamentos que o drone oferece às equipes policiais. “A finalidade do curso é capacitar os órgãos de segurança a utilizar essa ferramenta para melhorar todo o sistema de investigação feito pela polícia. Os drones auxiliam nas investigações e na redução da criminalidade porque eles têm toda a furtividade e com isso reduz a incidência de locais de alto risco”, citou.

O 1º tenente Artur Latini, do Comando de Aviação da Polícia Militar de São Paulo e coordenador do Curso de Aeronaves não Tripuladas do Comando de Aviação, destacou que os drones não só auxiliam as equipes em terra, como também nas aeronaves tripuladas. “Nós podemos utilizá-lo em operações cuja presença da aeronave tripulada não se faz necessária. Mas está prevista, em nossas diretrizes, a integração da aeronave tripulada com a não tripulada. Os policiais recebem o treinamento para atuar conjuntamente com as duas aeronaves”, salientou.

O policial civil Ednilton Paim é piloto e instrutor do curso. O agente reforçou a possibilidade de operação do drone em operações que possam oferecer risco à vida dos integrantes da equipe policial. “Na área de segurança, o uso do drone é muito importante, pois auxilia o investigador com a preservação de sua integridade física. Com o uso do drone, a visão é melhorada e o piloto vai poder passar informações para pessoas em terra sobre os cuidados que deve ter ao adentrar uma área de risco”, indicou.

O delegado Fernando Melo, da Delegacia de Repressão a Crimes Rurais (Dercra), é aluno do curso e evidenciou a importância do drone nas ações de combate ao crime em áreas de difícil acesso, como a zona rural. “É um curso de fundamental importância. É uma ferramenta relativamente nova e esse treinamento habilita para as investigações, não só no campo rural, como é minha área, mas na cidade, com o levantamento e operações que serão demandadas com esse equipamento”, reconheceu.

O delegado João Batista, diretor da Acadepol, apontou que o curso de drone atende às demandas do profissional da segurança pública em sua atividade cotidiana em via pública. “É um curso muito importante e vai bem de acordo com a nossa política de treinamentos na Acadepol. Temos a ideia de que o curso tem que vir das ruas para a academia. Sempre tivemos a ideia de que o curso tem que ser de acordo com as necessidades das unidades policiais. E esse curso casa bem com essa nossa política”, concluiu.